Coaching de Vida e a Educação Financeira

Coaching de Vida e a Educação Financeira

Todo início de ano ficamos assustados – e alguns muito ansiosos – com nossas finanças, pois enquanto ainda estamos assimilando as despesas das festas de final de ano, férias e viagens, já temos que fazer frente a novas despesas tais como IPVA, IPTU, matrícula das escolas dos filhos, dentre outras que aparecem em nosso cartão de crédito sem pedir licença.

Alguns mais precavidos se preparam para enfrentar a avalanche de despesas, mas muitos se desesperam por se deparar com saldos negativos em contas correntes e pela utilização do cheque especial. Os avarentos sofrem pelo impacto na parte mais sensível de seu corpo, o bolso, enquanto os compulsivos não controlam seus novos gastos, aproveitando as várias ofertas de preços e liquidações do início do ano e se afundam ainda mais em suas dívidas.

A boa notícia é que podemos deixar de ser vítimas desta situação para nos tornarmos protagonistas na gestão de nossas finanças, com impacto direto na viabilização de muitos projetos para o novo ano. Para intervir neste círculo vicioso e incorporar comportamentos produtivos para uma saúde financeira, além de seu esforço e determinação, um profissional experiente (coach de vida ou coach financeiro) poderá ser seu apoio definitivo na condução dessa tarefa de forma adequada e eficaz.

O processo de reeducação financeira é difícil quando feito sozinhos, principalmente quando não temos histórico de saber lidar com dinheiro. Além disso, temos que considerar o componente psíquico-emocional na relação com o dinheiro, por ser representante simbólico de motivações desconhecidas, sem desconsiderar que tratar sobre dinheiro pode ser um grande tabu para muitos.

Muitas pessoas não têm ideia de quanto ganham ou faturam anualmente, tampouco onde gastam seu suado dinheiro. Desta forma, é preciso saber quão coerentes somos com nossas finanças. Assim como não é adequado pegar um táxi para ir de São Paulo a Fortaleza, não é adequado usar cheque especial por meses… Os juros de cheque especial nos maiores bancos brasileiros superam 150% ao ano e chegam até 227,50% ao ano (10.39% ao mês), segundo fonte do Banco Central de Outubro de 2013. Isto significa que R$ 2.000,00 utilizados no cheque especial, em ano, podem chegar a R$ 6.549,18 de dívida. O que é melhor quitar a dívida de um imóvel e comprar um carro a prazo? Ou quitar a dívida de um automóvel e financiar um imóvel? As taxas de financiamento imobiliário praticadas pelos maiores bancos brasileiros variam de 10% a 12% ao ano, segundo fonte do Banco Central, Agosto 2013. Isto significa que as taxas de juros anuais de um financiamento imobiliário correspondem às taxas de juros mensais de cheque especial.

Aqueles que possuem reservas financeiras também podem encontrar dificuldades na seleção de seus investimentos, pois são muitas as opções e algumas muito tentadoras, entretanto sem entender a dinâmica do mercado financeiro, riscos envolvidos e perfil de investidor, a escolha entre Mercado de Capitais (Bolsa), Fundo de Investimentos, Previdência Privada, Imóveis ou Poupança pode virar um grande pesadelo. Movidos pela onda e sem levar em consideração uma série de fatores, seus investimentos podem ser comprometidos: não existe mágica e nenhum recurso se multiplica milagrosamente. Dependendo de seu perfil de investidor e disposição para risco – Conservador, Moderado ou Agressivo, aliados aos recursos disponíveis, prazo, e expectativas, o planejamento financeiro pode lhe ajudar a fazer as melhores escolhas.

É muito importante cuidar de seu dinheiro (patrimônio, investimentos, gastos e dívidas) para evitar desgostos e discórdias na vida pessoal, sem contar o impacto na saúde física, psíquica e emocional. Contratar um profissional – Financial Planer ou Coach – pode ajudá-lo a ter sucesso na gestão de suas finanças.

O Coaching de Vida se propõe a apoiar as pessoas na condução de seus projetos pessoais – planejar uma viagem, fazer dieta, refletir sobre aposentadoria, falar com fluência outro idioma, melhorar relacionamentos, mas também na reorganização das finanças pessoais, renegociação de dívidas e avaliação de investimentos. O processo de Coaching de Vida poderá ajudá-lo a estabelecer e rever seus objetivos, entender sua situação atual e desejada, manter expectativas realistas, descobrir suas motivações, apoiar-se na incorporação de novos hábitos de forma gradativa, e formular planos de ação para saber como lidar com situações inesperadas, evitando assim as repetições de situações indesejáveis.

3 comments

  1. Carlos Alberto Alves Silva says:

    Juliana, muito obrigado por ler a matéria e comentá-la. Seu elogio me encoraja seguir escrevendo e explorando mais sobre coaching e psicanálise.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *